POLÍTICA DE PRIVACIDADE DR. DIOGO SIMÃO

©  2018 todos direitos reservados. Conteúdo & Design por MECOMUNICA:  contato@m3comunica.com

  • Dr. Diogo Simão

É arriscado treinar em jejum?


A prática de exercícios em jejum pode aumentar a queima de gordura e acelerar o processo de perda de peso, desde que o atleta esteja condicionado a isso. A ideia do treino em jejum é a maior capacidade que o corpo tem em utilizar gordura para conversão em energia. Cada vez que você se condiciona para praticar exercício em jejum, o corpo se torna mais eficiente para queimar gordura, mas o ideal é que o exercício tenha uma intensidade moderada a baixa, uma vez que treinos muitos pesados (com picos de explosão, por exemplo) ou de força (musculação, crossfit) demandam energia "rápida", que é fornecida por carboidratos. Se você não tem carboidratos, terá que quebrar a gordura e a proteína (músculos), processo que ocorre mais lentamente. Mas atenção,  esta prática se não acompanhada e bem condicionada, pode apresentar algum mal-estar, como queda de pressão e hipoglicemia. O mais indicado para sedentários e pessoas que apresentam alguma patologia associada, é passar por avaliação médica ou nutricional antes de iniciar a prática.