top of page
  • Foto do escritorDr. Diogo Simão

Low Carb oferece grande vantagem para manutenção de peso


Um novo estudo foi publicado recentemente no British Medical Journal. Este estudo recrutou 164 adultos com sobrepeso ou obesidade. 🔸Todos foram submetidos a uma dieta hipocalórica até perder 12% do peso corporal; 🔸Foram então randomizados para 3 grupos: 20%, 40% e 60% de carboidratos, com a MESMA quantidade de proteína (20%) em todos os grupos; . 🔸Todas as refeições foram fornecidas pelo estudo durante 5 MESES; 🔸As calorias foram ajustadas para que as pessoas mantivessem o peso durante os 5 meses - se estavam perdendo peso, aumentavam-se as calorias; se estavam ganhando peso, reduziam-se as calorias. ✨RESULTADO: o grupo low-carb queimou cerca de 250 calorias a mais do que o grupo high-carb. Mas, se compararmos o grupo que secreta mais insulina (ou seja, as pessoas que mais precisam de low-carb, portadores de resistência à insulina e síndrome metabólica), a diferença vai para 400 calorias ao dia! ✨Em outras palavras: uma pessoa com resistência à insulina, que tenha emagrecido, pode consumir, em low-carb, até 400 calorias a mais por dia sem ganhar o peso novamente.  Os métodos empregados neste artigo (água duplamente marcada, toda a alimentação fornecida pelo estudo) são altamente precisos e rigorosos, e o desenho metodológico (ensaio clínico randomizado) permite inferir causa e efeito. Pela primeira vez, é possível AFIRMAR que há uma vantagem metabólica em low-carb, isto é, uma quantidade maior de calorias deixa de ser armazenada como gordura, e é dissipada de outras formas (calor, movimento).

Comments


bottom of page